Um ano de histórias - Em 2022, o Brasil comemora datas importantes de sua história. Destaco o bicentenário da Independência, o centenário da famosa Semana de Arte Moderna e os noventa anos da Revolução Constitucionalista de 1932. Em meio a tantos marcos importantes, minha humilde contribuição para o país: a Esfera Brasil completa seu primeiro ano.

Desde julho de 2021, muito me orgulha a forma como nosso think tank tem pautado o debate público nacional. Debatemos, cobramos e propomos as mudanças que considero essenciais para o desenvolvimento do Brasil. Foi um ano desafiador para todos nós. E me emociona ver a Esfera superar seus limites. Ouvimos agentes públicos e candidatos das mais diferentes vertentes ideológicas; vencemos o sectarismo e furamos as bolhas de opiniões e certezas que tanto nos dividem.

Diálogo e pontes - Em um dos momentos mais polarizados de nossa história, a Esfera construiu pontes e serviu como canal de diálogo entre opostos. Ouvimos os Presidentes dos maiores partidos do país; preocupados com a defasagem perante o mundo, a Esfera debateu regulamentação de criptoativos e créditos de carbono no Brasil; diante das incertezas causadas pela pandemia de Covid-19, a Esfera ouviu autoridades da saúde e cobrou vacinação.

Herdei de meu pai, José Camargo, o sonho de um Brasil melhor e o desejo de contribuir de alguma forma. Por isso não escondo minha felicidade em ver a Esfera Brasil alçando tão altos voos.

Superamos aquele lugar comum amplamente difundido no Brasil – que nos guiou ao atraso - de que “política, futebol e religião não se discute”, na certeza de que, se nos omitirmos, alguém falará por nós. Foram dezenas de encontros, debates e conversas protagonizados pela Esfera Brasil, sempre capitaneados pelos princípios do republicanismo, da democracia e do apartidarismo.

Mentalidade Think Tank - O conceito de think tank não é tão difundido no Brasil como na Europa e nos Estados Unidos da América. Foram muitos olhares de desconfiança e incompreensão quando comecei a compartilhar a ideia da Esfera. No entanto, superamos as incertezas e ajudamos a cristalizar o conceito na mentalidade social.

A Esfera Brasil tem muito a oferecer ao país, mas também não escondo minha realização pessoal em vê-la se concretizar. Hoje, sou movido pela convicção do potencial transformador da Esfera.

Foi o primeiro de muitos anos que virão e tenho fé que as próximas gerações lembrarão da Esfera no futuro que virá.

Estaremos sempre ao lado do Brasil.